Click na imagem para aumentar
325º Aniversário
Para comemorar os 325 anos da fundação, a Taylor's decidiu lançar uma edição limitada. 

O lote foi selecionado entre as extensas reservas de vinhos que envelhecem em madeira nas Caves em Vila Nova de Gaia, destinados aos futuros Tawnies de 10, 20, 30 e 40 de idade, por David Guimaraens, enólogo responsável da casa Taylor’s. 


A garrafa é uma recriação baseada numa antiga garrafa selada do final do século XVII, com data próxima da fundação da Taylor’s. É o mais antigo exemplar de uma garrafa com gravação, contendo indicação de data e marca comercial, neste caso o "4XX”, símbolo ainda hoje utilizado pela Taylor’s.


Este Tawny opulento e sedutor é um tributo aos 325 anos da empresa e à reconhecida perícia na arte do envelhecimento em casco e na arte do lote dos melhores vinhos do Porto.

Key Stockists
Notas de Prova mais {+}
Núcleo castanho-avelã intenso com uma fina auréola cor de tijolo. No nariz sobressaem os aromas a figos, num fundo de caramelo e moca, notas de alperce e ameixas e laivos especiados de pimenta preta e noz-moscada, com uma suave fragância a jasmim, tudo numa sólida e complexa harmonia. O sabor adocicado do toffee e do melaço combinados com os sabores a compota de frutos silvestres, resultam num equilíbrio perfeito entre a juventude e a maturidade.
Notas de Prova
Núcleo castanho-avelã intenso com uma fina auréola cor de tijolo. No nariz sobressaem os aromas a figos, num fundo de caramelo e moca, notas de alperce e ameixas e laivos especiados de pimenta preta e noz-moscada, com uma suave fragância a jasmim, tudo numa sólida e complexa harmonia. O sabor adocicado do toffee e do melaço combinados com os sabores a compota de frutos silvestres, resultam num equilíbrio perfeito entre a juventude e a maturidade.
Accolades mais {+}
Decanter
14-05-2017
94 Pontos
94
James Suckling - 93 Pontos
Um tawny imperioso e convincente apresentando fruta em compota, especiarias indianas, laivos de caramelo e aromas a flores secas. Encorpado, complexo e enérgico no palato com um fim de boca doce, com...
93
Luís Costa, Revista de Vinhos - 17 Pontos
Tons de avelã com reflexos alaranjados. Pela cor, percebe-se logo que é um Porto Tawny ainda jovem. O nariz, com presença intensa de fruta fresca, de bagas vermelhas, confirma a suposição inicial...
17
Accolades
Decanter
2017-05-14
94 Pontos
94
James Suckling - 93 Pontos
Um tawny imperioso e convincente apresentando fruta em compota, especiarias indianas, laivos de caramelo e aromas a flores secas. Encorpado, complexo e enérgico no palato com um fim de boca doce, com notas de frutos secos e figos. Presença ligeira dos taninos. Envolvente, remete-nos para momentos aconchegantes junto à lareira. Pronto a beber
93
Luís Costa, Revista de Vinhos - 17 Pontos
Tons de avelã com reflexos alaranjados. Pela cor, percebe-se logo que é um Porto Tawny ainda jovem. O nariz, com presença intensa de fruta fresca, de bagas vermelhas, confirma a suposição inicial. Na boca há notas de caramelo, damasco e figos. Também de geleia e baunilha. Vinho apelativo e equilibrado, consensual e fácil de beber, capaz de agradar simultaneamente a neófitos e a especialistas.
17
Fernando Melo, Evasões - 18 Pontos
O ambiente aromático inicial deste vinho único é a um tempo floral e especiado, com notas de toffee de caramelo e noz-moscada. Na boca há muita jovialidade, e multiplicam-se as impressões de bagos de arbusto, montando um conjunto atraente e de vigor inesperado. Final longo e vagaroso. Clássico e ao mesmo tempo moderno, com futuro.
18
Taylor's