Click na imagem para aumentar
1966 Single Harvest
De entre todas as casas produtoras de vinho do Porto a Taylor’s é a que detém uma das maiores e mais antigas reservas de vinhos do Porto envelhecidos em cascos de carvalho. Nestas reservas está incluída uma seleção muito rara de vinhos do Porto Single Harvest. Estes vinhos do Porto provêm de um único ano e atingem a sua maturidade em cascos de carvalho, exibindo o ano da colheita no seu rótulo.  

A Taylor’s decidiu fazer um lançamento limitado, a cada ano, de um vinho do Porto Single Harvest produzido com uma antecedência de 50 anos.

O terceiro lançamento desta série é o vinho do Porto Single Harvest de 1966.
 
O diretor geral da Taylor’s, Adrian Bridge, comentou a este propósito: "Um 50º aniversário é sempre uma ocasião memorável. Os vinhos do Porto Taylor’s Single Harvest oferecem uma oportunidade única para que possa celebrar com um extraordinário vinho que tem 50 anos de idade e que está em perfeitas condições.”

O vinho do Porto Taylor’s Single Harvest vem na clássica garrafa de vidro fosco associado à famosa linha de vinhos do Porto Tawny de Idade e é apresentado numa requintada caixa de madeira.

Key Stockists
Notas de Prova mais {+}
Cor a madeira de mogno medianamente dourada, com um toque a verde azeitona no menisco. O nariz é complexo com aromas a nozes, amêndoas de macadâmia, açúcar mascavado e com um fundo quente e picante a melaço e a caramelo. A boca é macia e com toques a mel, bem temperada por figos, moca e geleia de alperce. A acidez e o seu longo final são marcados por um harmonioso equilíbrio.
Notas de Prova
Cor a madeira de mogno medianamente dourada, com um toque a verde azeitona no menisco. O nariz é complexo com aromas a nozes, amêndoas de macadâmia, açúcar mascavado e com um fundo quente e picante a melaço e a caramelo. A boca é macia e com toques a mel, bem temperada por figos, moca e geleia de alperce. A acidez e o seu longo final são marcados por um harmonioso equilíbrio.
Accolades mais {+}
Wine Spectator
Muito elegante, com notas aromáticas que vão desde o tabaco e a madeira de cedro até ao mais rico dos cremes de manteiga, além de sabores a peras maduras e a alperces secos. Um atraente frutado tr...
96
Mark Squires, Dec 2015
Surprisingly rich and fresh, this seems younger than its age. The complexity here is not quite as great as with some and the nuances of molasses and the like are controlled. On the other side of th...
94
Richard Mayson
10-03-2016
Pale tawny-amber in hue; open, fragrant aromas, milk chocolate and violets, delicate and perfumed; soft, suave and very pure with overly rich, intense dried fruit character (dried apricots and figs), ...
18
Accolades
Wine Spectator
Muito elegante, com notas aromáticas que vão desde o tabaco e a madeira de cedro até ao mais rico dos cremes de manteiga, além de sabores a peras maduras e a alperces secos. Um atraente frutado tropical e especiarias, que perduram num inesgotável final, revelando um toque cítrico. Sirva e beba no momento.
96
Mark Squires, Dec 2015
Surprisingly rich and fresh, this seems younger than its age. The complexity here is not quite as great as with some and the nuances of molasses and the like are controlled. On the other side of the coin, it has a rather sensual texture, finishing with a sugary burst. Underneath is the expected acidity and a bit of pop. Overall, it is rather seductive and quite delicious.
94
Richard Mayson
2016-03-10
Pale tawny-amber in hue; open, fragrant aromas, milk chocolate and violets, delicate and perfumed; soft, suave and very pure with overly rich, intense dried fruit character (dried apricots and figs), elegant and mellifluous stopping well short of being unctuous. Silky, without a trace of tannin, yet still beautifully fresh for its age with a long finish redolent of Manuka honey.
18
Rebecca Gibb MW
2016-03-10
This Port might have been made in the year England won the World Cup but it's still very much alive, unlike the country's chances of winning another global football title. It is a rich oxidatively made Port; high toned with incredible aromatic richness reminiscent of nuts, caramel and dried fruit. It is sweet on attack yet balanced and elegant on the palate. An intense nectar with a long, long finish that does several victory laps.
95
Prémio de Excelência RV 2016
2016-02-17
Ligeiro na cor acastanhada, muito rico e complexo, madeiras exóticas, ceras, grande exuberância. Excelente prova de boca, untuoso, com um final guloso e interminável. Belíssimo Colheita, grande, grande, Porto.
Manuel Carvalho e Pedro Garcias, Público – Fugas
2017-02-18
O mais concentrado e doce dos quatros. É também o que tem mais acidez, embora não pareça. Está mais melado e tufado. É essência engarrafada que, depois de libertada, deixa um perfume intenso e agradabilíssmo no ar. Não é tão vivo e explosivo como o 1965, mas tem uma enorme riqueza.
96
Taylor's